Início / Alto Luxo / Conheça o primeiro cartão de crédito em ouro maciço do mundo

Conheça o primeiro cartão de crédito em ouro maciço do mundo

cartao-credito-ouro-3

Um programa de fidelidade desenvolvido pela Aurae, clube de serviços e concierge de luxo, em parceria com a MasterCard, comemora o sucesso e os bons resultados de seus clientes por meio do lançamento do primeiro cartão de crédito por encomenda do mundo feito em ouro maciço de 14k e 18k.

A novidade é que quem aderir ao programa poderá criar seu próprio cartão.

“Nós vemos os nossos clientes customizarem seus MasterCards baseados em quatro de suas principais paixões: familiares, símbolos de marcas pessoais, autorretratos e artes inspiracionais

… explica Chistopher Scanlon, CEO da Aurae.

cartao-credito-ouro-2

Depois que os detalhes são passados, a empresa transforma o cartão em uma placa de ouro maciço, que pesa entre 45 g e 60 g e pode conter mais de 160 pequenas pedras preciosas.

Para garantir a permanência dos dados inclusos no MasterCard, os números e assinatura também são gravados em ouro, e cada cartão vem com uma garantia de troca a cada cinco anos.

cartao-credito-ouro-1

Além disso, de acordo com a Aurae, o cartão é um mecanismo de pagamento totalmente funcional e tecnológico, que podem ser usados pelos clientes em 115 diferentes países ao redor do mundo.

Para se tornar um membro do programa de luxo da empresa é preciso receber um convite de um associado. Mas, de acordo com a marca, seus membros costumam abrir suas contas com um valor inicial de US$ 50.000 (R$ 150 mil) e pagar uma taxa anual de filiação de cerca de US$ 5.000 (R$ 15.300).

Via |  Solid Gold Card

Sobre A Redação

Portal criado em 2000 e lançado em 2006, temos o maior conteúdo sobre o Mercado de Luxo e somos o maior da América Latina, com atualização de notícias diariamente. Publicamos milhares de artigos e pontos de vista em mais de 40 categorias de luxo.

Veja Também

São Paulo é 2ª cidade da América Latina com maior presença de varejo internacional

Segundo a 11ª edição do estudo publicado esta semana pela CBRE, “How global is the …

Deixe Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *