Início / Gourmet / Comidas / Eleven Madison Park é eleito o melhor restaurante do mundo

Eleven Madison Park é eleito o melhor restaurante do mundo

Restaurante do chef Daniel Humm, em Nova York, chega ao topo do ranking do 50 Best, anunciado nesta quarta em Melbourne. 

restaurante-eleven-madison-park

A restaurante nova-iorquino Eleven Madison Park foi eleito o melhor do mundo pelo ranking 50 Best 2017. Confirmando os rumores, a casa do chef suíço Daniel Humm subiu duas posições em relação ao ano passado e alcançou o topo da lista de 50 lugares.

O resultado foi divulgado durante a cerimônia no Royal Exhibition Building, em Melbourne, na Austrália, nesta quarta, 5.

Em segundo lugar, ficou a Osteria Francescana, do chef Massimo Bottura, em Módena, na Itália, que foi o vencedor do ano passado. Completando o pódio, El Celler de Can Roca, de Girona, na Espanha. O D.O.M., do chef Alex Atala, é o único brasileiro da lista, no 16º lugar.

eleven-madison-park-50-best-restaurants-2017

O prêmio de melhor chef-confeiteiro do ano foi para Dominique Ansel, francês radicado em Nova York que alcançou fama mundial pela criação do cronut – híbrido de croissant e donut que até hoje causa filas de espera e euforia nas redes sociais.

O peruano Virgílio Martinez, do Central, foi eleito por seus pares como o chef mais admirável, levando o título “Chef’s Choice”.

O prêmio de restaurante mais sustentável foi para o francês Septime, 35º da lista.

O espanhol El Celler de Can Roca venceu o prêmio Arte da Hospitalidade – título perfeito para o restaurante catalão, segundo a editora Patrícia Ferraz.

A América do Sul ganhou um novo representante entre os 50 melhores, o Tegui, de Buenos Aires (Argentina), na 49ª colocação. Já os australianos, donos da casa, viram o Brae, da cidade Birregurra, subir da 65ª posição, em 2016, para a 44ª neste ano, e o Attica, de Melbourne, subir um degrau e ficar no 32º lugar.

O americano Blue Hill at Stone Barns, em Nova York, cresceu 37 posições em comparação ao ano passado, saindo do 48º lugar para o 11º. Foi a maior movimentação no ranking neste ano. O chef Dan Barber foi ovacionado pela plateia.

O Den, de Zaiyu Hasegawa, em Tóquio, indicado como o restaurante mais promissor da temporada 2016, estreou entre os 50 melhores no 45º lugar. Outras novidades são o Reale (43º), da Itália, Cosme NY (40º), dos Estados Unidos, e o Alléno, da França, que teve a melhor entrada neste ano, na 31ª colocação.

Eleven Madison Park

carnes

No Eleven Madison Park, Daniel Humm foca no ingrediente local, fresco e de época, enfatizando a pureza de sabores. O chef começou na cozinha aos 14 anos e ganhou sua primeira estrela Michelin aos 24.

Com o Eleven, em Nova York, onde está há 11 anos, detém três estrelas. No 50 Best, estreou em 2010 em 50º lugar e não saiu mais da lista – entrou no top 5 em 2013, no ano passado alcançou o 3º lugar e ainda recebeu o prêmio especial Arte da Hospitalidade.

restaurante-eleven-madison-park-2

Ele é o segundo restaurante dos EUA a conquistar o topo da lista – o californiano The French Laundry, do chef Thomas Keller, foi eleito o melhor do mundo por dois anos consecutivos, em 2003 e 2004. Desde então, o topo havia ficado apenas com países europeus, com a Osteria Francescana (Itália), El Celler de Can Roca (Espanha), El Bulli (Espanha) e Noma (Dinamarca), que conquistou a primeira posição por quatro anos não consecutivos.

Via | The World’s 50 Best Restaurants 2017

Sobre A Redação

Veja Também

vinhos

Festival de Vinhos em SP oferece rótulos famosos mais baratos

Evento acontece de 3 a 13 de agosto e bares oferecerão vinhos a preços mais …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *