Início / Motores / Autos de Luxo / Rolls-Royce Cullinan é o primeiro SUV da montadora britânica de luxo

Rolls-Royce Cullinan é o primeiro SUV da montadora britânica de luxo

Depois de meses de especulações, o tão aguardado SUV da Rolls-Royce finalmente chegou. Conheça o “Rolls-Royce Cullinan”, o primeiro SUV da montadora britânica de luxo e o primeiro utilitário esportivo da Rolls-Royce em seus 112 anos de história.

Com um preço inicial de US $ 320.000 (R$ 1,120 milhão), é o utilitário mais caro e mais luxuoso já construído. Foi há três anos, quando o CEO Torsten Muller-Otvos anunciou que a Rolls-Royce estava planejando um SUV, seguindo os pedidos de compradores que pediram uma alternativa de alto nível ao Phantom com quociente de luxo similar.

“Nossa resposta para a história, para os visionários, aventureiros, exploradores e aqueles que acreditam na supremacia da liberdade é o Cullinan”

… disse ele no lançamento.

Batizado com o nome do maior diamante bruto do mundo, encontrado na África do Sul há mais de um século, o Rolls-Royce Cullinan é o segundo modelo da montadora a ser construído com sua “arquitetura de luxo” totalmente de alumínio – o recentemente revelado Phantom VIII foi o primeiro.

Projetado a partir do zero, ele usa componentes reconfigurados em um spaceframe, que deve oferecer “extraordinária rigidez de carroceria para excepcional desempenho funcional ‘.” O novo spaceframe do Phantom já é 30% mais rígido que o do seu antecessor, e o Cullinan é ainda mais rígido.

O Cullinan vem equipado com uma versão adaptada de autonivelamento dos amortecedores de ar autonivelantes controlados por computador que a Rolls-Royce usa em seus outros modelos. O sistema faz milhões de cálculos a cada segundo para se adaptar à estrada.

Em comparação com o novo Phantom, é mais curto em mais de 400 mm e superior em quase 200 mm; no entanto, é muito grande em comparação com Bentley Bentayga.

Ele é alimentado por um motor V12 de 6,7 litros, com duplo turbocompressor, que produz 562 cavalos de potência e 627 libras-pés de torque.
A potência é enviada para as quatro rodas através de uma caixa de velocidades automática ZF. A velocidade máxima do SUV da Rolls-Royce é limitada eletronicamente a 155 milhas por hora.


“Hoje estamos estabelecendo um novo padrão, criando uma nova classe de automóveis e automóveis para clientes que estão bem conectados, altamente móveis e têm uma perspectiva global”

… disse Peter Schwarzenbauer, presidente da Rolls-Royce e membro do conselho do BMW Group.

“Eles querem um novo tipo de automóvel que lhes dê acesso ilimitado no luxo final”

O modelo SUV leva pela primeira vez o mundo do superluxo a terrenos fora de estrada, sem abrir mão de nenhum conforto de sua classe de automóveis… mas para algumas pessoas, o modelo fugiu do ícone clássico, do diferencial e da história que sempre marcou a montadora britânica.
O que você achou?


Via | Rolls-Royce

Sobre A Redação

Portal criado em 2000 e lançado em 2006, temos o maior conteúdo sobre o Mercado de Luxo e somos o maior da América Latina, com atualização de notícias diariamente. Publicamos milhares de artigos e pontos de vista em mais de 40 categorias de luxo.

Veja Também

Mercedes-AMG GT Roadster S 2019 é revelado com 515 cv

Para preencher a lacuna entre os modelos de 469 cavalos de potência AMG GT e …

Deixe Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *