Início / Negócios / Dono da Amazon se torna o homem mais rico do mundo

Dono da Amazon se torna o homem mais rico do mundo

Com patrimônio de US$ 112 bilhões é o primeiro a ter uma fortuna de 12 dígitos. 

De acordo com a mais recente lista da revista Forbes, divulgada na semana passada, Jeff Bezos tem uma fortuna calculada em us$ 112 bilhões. É o primeiro ser humano cuja riqueza precisa de 12 dígitos para ser expressa. Tomou o lugar que foi, por anos, de Bill Gates — hoje com cerca de us$ 90 bilhões.

Vista de outro modo, a grana de Jeff Bezos supera a combinação dos dez brasileiros mais ricos na lista da Forbes, entre eles Jorge Paulo Lemann e seus colegas da 3G Capital, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, além do banqueiro Joseph Safra e de Eduardo Saverin (um dos fundadores do Facebook), entre outros.

Em meio a isso, muitos se perguntam como a Amazon foi de uma garagem em Seattle ao topo do mundo. De fato, não é fácil compreender como Bezos conseguiu, em um ano, acrescentar US$ 39,2 bilhões a seu patrimônio.


Veja na galeria abaixo de como Jeff Bezos se tornou a pessoa mais rica do mundo



1994: Fundação da Amazon
Nos primórdios do e-commerce, Jeff – um ex-gestor de fundo de investimento com um fraco por “apostas ousadas” – lança a livraria online Amazon.com de sua garagem.

1996: Amazon se torna a maior livraria do mundo
Com um milhão de títulos, a Amazon se torna o maior mercado de livros do mundo, apesar de não ter estoque.

1999: Jeff Bezos se torna um bilionário

Apenas dois anos após transformar a Amazon em uma empresa de capital aberto, Jeff estreia na lista de bilionários FORBES enquanto a Amazon continua a espalhar seus tentáculos, primeiro para música, depois para vídeo. Seu patrimônio atinge US$ 10,1 bilhões, graças a um aumento de 5.600% nas ações da empresa com o crescimento da bolha ponto-com.

2000: Lançamento da Blue Origin
A Amazon ainda tinha de lucrar, mas Jeff lança a Blue Origin, uma empresa fabricante aeroespacial e de serviços de voos espaciais fundada como privada.

2001: Amazon se torna lucrativa
A bolha estoura e Bezos vê sua fortuna cair para US$ 2 bilhões. Ele ainda consegue terminar o ano positivamente: no fim de 2001, a Amazon se torna lucrativa pela primeira vez.

2005: Amazon Prime
Completamente recuperado da quebra do ponto-com, Jeff lança a Amazon Prime. Seu patrimônio também se recuperou. Com US$ 4,1 bilhões, ele é mais rico do que Richard Branson e Steve Jobs.

2006: Amazon Web Services
Jeff Bezos move a Amazon, que está em constante crescimento, para a computação de nuvem, lançando a Amazon Web Services. Hoje, a AWS é mais lucrativa do que o negócio de varejo da empresa.

2007: Kindle e Amazon Fresh
A Amazon lança o primeiro e-reader Kindle e o serviço de delivery de compras de supermercado Amazon Fresh.

2009: Zappos
A Amazon compra a varejista de calçados online Zappos por US$ 1,2 bilhão em dinheiro e ações.

2010: Patrimônio dobra
Com as vendas de ebooks superando as vendas de livros de capa dura, o patrimônio de Bezos quase dobra em um ano, para US$ 12,3 bilhões, fazendo com que ele ultrapassasse Carl Icahn e Rupert Murdoch.

2013: The Washington Post
Apesar de operar com basicamente zero lucro, as ações da Amazon ultrapassam o marco de US$ 300 pela primeira vez em julho. Então, Jeff compra o jornal The Washington Post – um negócio que estava perdendo dinheiro – por US$ 250 milhões. Ainda assim, seu crescimento meteórico continua, pois os investidores da Amazon apoiam sua mentalidade de longo prazo. Jeff Bezos se torna a 19ª pessoa mais rica do mundo, com US$ 25,2 bilhões, passando os fundadores do Google Larry Page e Sergey Brin.

2017: homem mais rico do mundo
A Amazon concorda em comprar a Whole Foods por US$ 13,7 bilhões em junho. No mês seguinte, com um pico nas ações da Amazon, Jeff ultrapassa Bill Gates. Ele se torna a pessoa mais rica do mundo – por algumas horas, pelo menos. Gates rapidamente recupera o primeiro lugar quando as ações esfriam.

Então, em 27 de outubro, um aumento nas ações da Amazon adicionam US$ 10 bilhões à fortuna de Jeff em um só dia. Jeff com US$ 93,1 bilhões, ultrapassa Gates (US$ 90 bilhões). Uma Cyber Monday monstruosa impulsiona ainda mais as ações da Amazon, levando o patrimônio de Jeff para além do marco de US$ 100 bilhões pela primeira vez. Agora Gates, com US$ 89,4, está longe no espelho retrovisor.

2018: ranking
Jeff Bezos permanece sendo a pessoa mais rica do mundo, com US$ 112 bilhões. Ele adicionou US$ 39,2 bilhões a seu patrimônio no período de apenas um ano. E, aos 54 anos, ele tem muitas apostas ousadas – e potenciais bilhões – por vir.

Sobre A Redação

Portal criado em 2000 e lançado em 2006, temos o maior conteúdo sobre o Mercado de Luxo e somos o maior da América Latina, com atualização de notícias diariamente. Publicamos milhares de artigos e pontos de vista em mais de 40 categorias de luxo.

Veja Também

10 atletas mais bem pagos do mundo em 2018

Contratos milionários de televisão estão estabelecendo recordes para os atletas mais bem pagos do planeta. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *