Home / Negócios / Iguatemi vê seu lucro cair 16% em 2015

Iguatemi vê seu lucro cair 16% em 2015

shopping-jk-iguatemi

O Grupo Iguatemi, empresa de shopping centers, fechou o ano de 2015 com queda de 16,1% no lucro líquido, em relação a 2014. Ao todo, a empresa atingiu um lucro de 193,6 milhões, face aos R$ 230 milhões de 2014.

Apesar da queda, a empresa conseguiu aumentar a receita líquida em 8,1%. No ano passado, o Ebtida da empresa (o lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu os R$ 504 milhões, um aumento de 11% em relação a 2014.

As vendas totais chegaram a R$ 11,9 bilhões em 2015, 12% acima de 2014. As vendas em mesmas áreas cresceram 5,8% no ano. Os aluguéis de mesmas lojas aumentaram 6,8% no ano.

O crescimento das vendas totais deve-se, segundo a empresa, à qualidade dos empreendimentos, que continuam crescendo apesar da crise econômica; da maturação dos ‘greenfields’ e expansões inauguradas nos últimos anos; da densificação do entorno imediato dos shoppings; e da compra de participação no Shopping Pátio Higienópolis, que não fazia parte do portfólio em 2014.

“Observamos ao longo dos últimos anos um aumento da representatividade dos shopping centers nas vendas do varejo e restaurantes, o que acreditamos ser uma tendência para os próximos anos não apenas pelo aumento no número de empreendimentos, mas também pela migração do varejo, principalmente o de alta renda, da rua para dentro de shopping centers”, comentou a empresa em relatório.

“Esse movimento, aliado à reponderação no portfólio de lojas dos varejistas deve fortalecer nossa resiliência como canal de vendas ao consumidor”, disse. O recuo no lucro também veio mesmo com uma redução nos custos da empresa, de 4,4%.

Para 2016, a empresa segue com a estratégia atual. “Nossa estratégia atual está diretamente associada ao momento econômico do país e desprioriza, no curto prazo, a importância do desenvolvimento de novos greenfields, em função de um menor interesse do varejo em crescer através de novos empreendimentos. O foco nesse momento está na redução de Custos e Despesas, desalavancagem, maturação dos empreendimentos inaugurados nos últimos anos, adensamento dos entornos, e aquisições seletivas”, diz.

Sobre A Redação

Portal criado em 2000 e lançado em 2006, temos o maior conteúdo sobre o Mercado de Luxo e somos o maior da América Latina, com atualização de notícias diariamente. Publicamos milhares de artigos e pontos de vista em mais de 40 categorias de luxo.

Verifique Também

Boticário abre segunda loja no maior shopping em Dubai

A marca brasileira de cosméticos O Boticário continua a redefinir a experiência de beleza nos …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *