Home / Fashion / Chanel apresenta desfile na Torre Eiffel e Karl Lagerfeld é condecorado

Chanel apresenta desfile na Torre Eiffel e Karl Lagerfeld é condecorado

chanel-outono-inverno2017-paris

Na terça-feira, Karl Lagerfeld foi condecorado com a medalha Grand Vermeil da cidade de Paris, por seus serviços prestados à cidade. Nenhum estilista fez tanto para elevar a reputação de Paris à capital da moda quanto o couturier alemão.

A condecoração ocorreu logo após o desfile de Alta-Costura Outono-Inverno 2017 da Chanel, com painel de fundo uma reprodução surpreendente da Torre Eiffel com cerca de 50 metros de altura, que desapareceu em nuvens de gelo seco sob o telhado de vidro do Grand Palais, com cadeiras verdes em metal, passarela bege e quiosques cinza.

Apesar disso, a coleção apresentada no desfile mostrou o amor tradicional da Chanel pelo britânico, trazendo muito tweed em casacos com curvas em forma de xadrez, vestidos curvilíneos, botas sugestivas até às coxas, brincos, botões e até em mesmo chapéus, que metade do cast usou. Mode à la Magritte. Lagerfeld trouxe esplêndidas novas mini jaquetas com dois botões inferiores e lapelas largas, e saias na altura do joelho. Ele também reinventou a jaqueta Chanel com cinco botões e a combinou com calças largas. Tudo funcionou.

chanel-outono-inverno2017

Lagerfeld também criou vestidos de festa e cocktail com mangas fabulosas, alguns com aplicações de penas e plumas. Plumagens inteira nos ombros.
Ao fim do desfile, Lagerfeld marchou logo abaixo da torre sob aplausos sustentados da plateia, e foi condecorado e e homenageado pela prefeita de Paris, Anne Hidalgo, com a medalha Grand Vermeil.

“Seu gênio permite que você arrisque e nos transporte para um universo no qual você se destaca. Você é um imenso talento e uma ótima pessoa, que fez tanto pela nossa cidade para torná-la ainda mais criativa, mágica e bonita”, enalteceu a prefeita.

chanel-outono-inverno2017-paris-08

“Sou estrangeiro e tenho orgulho disso. E nós, estrangeiros, enxergamos como a França vive realmente. Com as últimas mudanças, temos a impressão de que o país realmente mudou. Todo mundo quer vir a Paris, viver na França e começar a aprender francês novamente. E eu acho isso formidável! Quando você não é francês, você vê as coisas com um olhar diferente do nacionalismo e do patriotismo. E eu realmente quero dizer Vive La France! Vive Paris! E que cheguem as Olimpíadas de 2024!”, respondeu Karl.


Confira alguns destaques do desfile


 

Sobre A Redação

Portal criado em 2000 e lançado em 2006, temos o maior conteúdo sobre o Mercado de Luxo e somos o maior da América Latina, com atualização de notícias diariamente. Publicamos milhares de artigos e pontos de vista em mais de 40 categorias de luxo.

Verifique Também

Cueca mais cara do mundo bordada com ouro 24k custa R$ 3.860

Se quisermos comparar, acho que ninguém duvidará do fato de que a roupa para as …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *