Home / Imóveis de Luxo / Conheça o que era para ser o Estádio da Olimpíada de Tóquio 2020

Conheça o que era para ser o Estádio da Olimpíada de Tóquio 2020

Palco principal dos Jogos de 2020 era da arquiteta Zaha Hadid. 

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-5

Faltam menos de quatro anos para a cidade de Tóquio se consagrar mais uma vez como sede dos Jogos Olímpicos como já foi anunciado e o projeto do palco principal do evento ainda não está pronto.

O novo Estádio Nacional do Japão, que abrigará as competições de atletismo, além das cerimônias de abertura e encerramento, terá capacidade para 80 mil pessoas, cobertura retrátil, arquibancadas adaptáveis para diferentes tipos de eventos (com direito a cadeiras que chegam mais perto do campo em caso de partidas de futebol e shows de música), além de ser ecologicamente sustentável.

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-12

Diferentemente do conservador e clássico Maracanã, que fez o mesmo papel na Olimpíada do Rio-2016, o novo estádio japonês teria um desenho e traços inconfundíveis da arquiteta Zaha Hadid, iraquiana radicada na Grã-Bretanha que foi a primeira mulher a receber o Prêmio Pritzker, o Oscar da arquitetura e que faleceu em março deste ano. A iraquiana ficou famosa por seus projetos de ares futuristas que mesclam formas orgânicas, superfícies brilhantes, concreto e muita criatividade.

O curioso é que o evento que impulsionou a realização do concurso de arquitetura não foi a Olimpíada (Tóquio ainda era só uma candidata), mas sim a Copa do Mundo de Rugby, marcada para acontecer no país em 2019.

A fluidez e a inovação do desenho mereceram rasgados elogios de ninguém menos que Tadao Ando, chefe do júri que escolheu o projeto. Para ele, “a entrada dinâmica e futurista do estádio incorporaria a mensagem que o Japão gostaria de passar para o resto do mundo”.

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-7

O arquiteto japonês, também detentor de um Pritzker, acreditou que o projeto se encaixava perfeitamente na paisagem de Tóquio. “Acho que esse estádio ia se tornar um altar do esporte mundial pelos próximos 100 anos”, completou.

MUDANÇA DE PLANOS

A cidade japonesa deixou de lado a ambiciosa proposta da célebre arquiteta anglo-iraquiana Zaha Hadid para apresentar um novo projeto, em uma escala mais reduzida, mas que reúne as principais características que o governo do país gostaria: um estádio bom, bonito e menos custoso.

O desenho inicial feito por Hadid tinha um custo muito alto para a construção – a obra não sairia por menos de US$ 2,08 bilhões (R$ 8,32 bilhões) – e por isso acabou descartado.

Estima-se que para levantar o novo projeto, mais econômico, de autoria do arquiteto japonês Kengo Kuma, seja necessária praticamente a metade daquele valor – US$ 1,2 bilhão (R$ 4,8 bilhões).

A isso é preciso somar mais cerca de US$ 33 milhões (R$ 131 milhões) pelo desenho e manutenção do projeto. Caso o desenho de Zaha Hadid tivesse saído do papel, ele teria se tornado uma das obras esportivas mais caras do mundo. A decisão de descartar o projeto da arquiteta iraquiana provocou uma polêmica que levou à renúncia, em outubro de 2015, do ministro da Educação e dos Esportes do Japão, Hakubun Shimomura.


VEJA MAIS FOTOS DO ANTIGO PROJETO


zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-4

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-10

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-9

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-3

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-2

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-8

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-6

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-11

zaha-hadid-estadio-nacional-toquio-japao-1

Sobre A Redação

Portal criado em 2000 e lançado em 2006, temos o maior conteúdo sobre o Mercado de Luxo e somos o maior da América Latina, com atualização de notícias diariamente. Publicamos milhares de artigos e pontos de vista em mais de 40 categorias de luxo.

Verifique Também

Burj Jumeira é o próximo arranha-céu que enriquecerá o horizonte de Dubai

A sempre crescente Dubai terá em breve um novo super arranha-céu unindo seu impressionante horizonte. …

Um comentário

  1. ANderson Cioki

    Boa Noite, essa informação já foi atualizada, não será mais o estádio de Zaha que será erguido, foi repassado para outro escritório.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *