Home / Lifestyle / Austrália busca brasileiros profissionais em TI para trabalhar no país

Austrália busca brasileiros profissionais em TI para trabalhar no país

Recrutadores australianos esperam um aumento de até 20% na contratação de latino-americanos com qualificação em tecnologia da informação e computação.

tecnologia-da-informacao-1

Estão cada vez mais no radar das empresas australianas, profissionais da América Latina, especialmente do Brasil para atuarem na área de tecnologia da informação. A contratação de profissionais brasileiros qualificados na área de TI tem crescido nos últimos anos e o salto pode ser de até 20% em 2017, de acordo com dados do site CIO Austrália.

A razão da procura por profissionais brasileiros que queiram trabalhar na Austrália são muitas. Uma delas é a “sede” que a Austrália tem de encontrar profissionais qualificados para suprir a demanda por mão de obra no país. “A área de TI é um campo em amplo crescimento e os profissionais locais não são suficientes para preencher todas as vagas que o mercado oferece”, explica MaCson Queiroz, diretor da M.Quality, assessoria em imigração e negócios para a Austrália.

Segundo o site, outro motivo para a alta demanda no mercado de TI no “país dos cangurus” seria o fato de as empresas buscarem automatizar seus sistemas de integração, além de investirem cada vez mais em tecnologia de nuvem e modelos híbridos para grandes empreendimentos.

tecnologia-da-informacao-2

E o que faz os profissionais brasileiros serem tão atrativos para estas empresas? Em tese, a oportunidade de trabalhar com grandes empresas e usar as tecnologias mais inovadoras fariam com que trabalhadores estrangeiros mostrassem grande comprometimento e entregassem ótimos resultados.

Não são poucos os profissionais brasileiros na área de TI que gostariam de seguir uma carreira internacional e trabalhar na Austrália. Além dos Estados Unidos e Europa, aos poucos a Austrália vem se tornando um foco para estes profissionais. Para MaCson, são muitas vantagens que a Austrália oferece aos imigrantes, a começar pela imigração facilitada no caso de profissionais qualificados para trabalhar no país. “Além disso, a Austrália ainda oferece coisas maravilhosas: belas praias e um clima agradável, bem próximo ao que temos no Brasil”, lembra.

Visto australiano

tecnologia-da-informacao

Antes de iniciar o processo de imigração para trabalhar na Austrália, é de fundamental importância contar com uma agência imigratória especializada e que seja devidamente registrada junto ao governo australiano para cuidar do seu processo de obtenção do visto.

O objetivo da agência é fazer a pessoa ganhar tempo, já que o processo é demorado e requer conhecimento da legislação australiana, listas de profissões e demais regras do país. “Orientamos que a pessoa faça uma avaliação de elegibilidade do visto para saber se está apta para entrar com o processo na categoria desejada e evitar perdas financeiras. O consultor a ajudará a iniciar o requerimento de visto corretamente, aumentando as chances de sucesso”, recomenda o diretor da M.Quality.

Para descobrir se há chances de ser aceito, a M.Quality disponibiliza no site o “1º. Passo Gratuito”, um serviço que oferece uma orientação básica para avaliar se o candidato é realmente elegível para uma das categorias de vistos australianos. Ao preencher o formulário no site, e sendo elegível a uma das categorias, ele recebe um convite para assistir gratuitamente ao vídeo “Elegibilidade e Agora?”, no qual será explicado o escopo do trabalho da M.Quality e demais orientações e esclarecimentos imigratórios.

Sobre A Redação

Portal criado em 2000 e lançado em 2006, temos o maior conteúdo sobre o Mercado de Luxo e somos o maior da América Latina, com atualização de notícias diariamente. Publicamos milhares de artigos e pontos de vista em mais de 40 categorias de luxo.

Verifique Também

Rooftop Augusta reinaugura no bairro dos Jardins, em São Paulo

Espaço multifuncional acaba de anunciar seu novo endereço, na Rua Oscar Freire, no bairro dos …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *